artilharia



se acaso
a palavra me bastasse

não miraria teu peito
alvo

minha mira é um fracasso
mas enxergo bem, obrigada

minha artilharia é pesada

...a respiração é que me trai
a cada sílaba disparada

e você, perverso
não pára quieto
em minha reta abordagem

rosangela ataíde

2 comentários:

Herval Candido disse...

Rosangela,

Com o tempo, aprendemos a calibrar o tiro e não desperdiçamos munição. Gostei de lê-la, depois de tanto tempo!

Grande beijo

Herval
http://hervalfilho.com.br

silvioafonso disse...

.

Faças do teu dardo, certeiro e mortal,
um beijo, e mate em mim os desejos que
aguçam meus sentidos e fazem doer meu
peito.






.